O que está acontecendo?

Players 29785 Views Reportar Erro

  • Assistir Trailer
  • Drive
  • Openload
The Art of Being Straight

The Art of Being Straight

Discover your inner queer.Jun. 05, 2009USA68 Min.Legendado
Sua Avaliação 0
7 50 votes

Sinopse

John pensa que tem tudo planejado. Ele é jovem, bonito e sempre teve um jeito com as mulheres. Depois de terminar com sua namorada, ele se muda para Los Angeles procurando um novo começo. Dormindo no sofá de seu amigo Andy, ele volta aos padrões de conforto da faculdade: festas, mulheres e conversa fiada com os caras. No entanto, a reconexão com sua velha amiga Maddie revela-se surpreendente quando ela o apresenta à sua namorada, Anna. Um aspirante a fotógrafo, John toma uma posição de nível de entrada numa agência de publicidade, determinado a provar a si mesmo. As coisas ficam um pouco confusas quando Paul, um executivo de sucesso na empresa, tem um interesse especial em John, e quando John acaba na cama de Paul, seu mundo vira de cabeça para baixo.

The Art of Being Straight
The Art of Being Straight
The Art of Being Straight
Nome Original The Art of Being Straight
IMDb Rating 4.9 585 votes
TMDb Rating 4.3 13 votes
Compartilhe83

Assista Também

Meninos Não Choram (Boys Dont Cry)
Loucademia de Polícia 7 – Missão Moscou
Aos Teus Olhos
Life Kills Me
Spring Fever
Riot
Different from the Others (Diferente dos Outros)
Two Weddings and a Funeral
O Artista do Desastre
Going Down in La-La Land
La Partida (O último Jogo)
The Bubble

(4) comments

  • Bruno William dos Santos 27 de abril de 2018 Responder

    Amei o filme,site esta de parabéns,acompanho o site a alguns meses e sempre me surpreendendo.

  • Henrique 11 de outubro de 2019 Responder

    Cinema é uma verdadeira terapia. Acho que todos que se dispõem a assistir um filme, procuram de certa forma respostas ou alternativas para conflitos internos. O enredo de toda estória é baseado em um conflito. Inicialmente se apresenta uma situação que se mantinha estável e subitamente acontecimentos desestabilizam a vida de uma ou de mais personagem. Todos esperam, eu imagino, que o final apresente uma conclusão daquele problema proposto. Eu me acho muito limitado intelectualmente quando assisto filmes ou leio livros cujos finais deixam abertas todas as questões abordadas. Seria eu que não entendo? Será que a proposta é mostrar que a questão levantada não era importante? Neste último caso, por que não deixar claro o que de fato importa? Por que simplesmente levantar mais questões? Será que a proposta do filme ou do livro é realmente deixar a cabeça dos expectadores cheia de perguntas? Existe alguém que tem prazer em sentir mais angústia quando na verdade procura modelos que possam se comparar com suas próprias angústias e talvez esclarecer algum ponto vista? Existe alguém cujo prazer é só se sentir angustiado? Ou a proposta é realmente dizer que na vida nunca teremos resposta de nada? Bem, isso eu já sei. Mas preciso de fantasia, de um placebo pra poder respirar as vezes. E quando nem esse engodo me dá respostas? What a shit, Man!

    • Henrique 11 de outubro de 2019 Responder

      Segundo o diretor que também é o ator principal do filme: “o filme é sobre o auto-conhecimento e a busca pela própria identidade e nada mais. O aspecto sexual é apenas uma metáfora ou uma porta para adentrar o próprio universo e se tornar confiante naquilo que se é como pessoa.” Então porque o filme se chama ”a arte se ser hétero” e não “quem sou eu” ou “aquilo que me define” ou “me ajude a ser eu” ou “um encontro comigo mesmo” ou “eu perdido dentro de mim” … Fala sério, né?!

  • Henrique 11 de outubro de 2019 Responder

    Vi um outro poster do filme, que não este que esta no site, que me esclareceu sobre o título do filme. Neste poster o personagem principal estava de pé enquanto atrás de si havia uma seta em forma de um gráfico. Então percebi que na verdade o nome do filme brinca com o duplo sentido da palavra straight em inglês que pode ser hétero ou correto. O problema realmente sou eu. Se quiser, pode barrar esse comentário e os anteriores.

Deixe um comentário

Nome *
Add a display name
Email *
Your email address will not be published
Website