Escolha seu Player 28748 Views

  • Assistir Trailer
  • Drive
  • Mix
  • Stream
Não Conte a Ninguém (No se lo digas a Nadie)

Não Conte a Ninguém (No se lo digas a Nadie)

La historia más escandalosa de LimaJul. 16, 1998Peru120 Min.Legendado
Sua Avaliação 0
7.6 14 votos

Sinopse

No se lo digas a nadie é um filme peruano realizado por Francisco Lombardi baseado no livro de Jaime Bayly que também participou como guionista. O filme estreado em 1998 foi o primeiro com temática homossexual no Perú. Joaquín Camino (Santiago Magill) é um jovem homossexual da alta sociedade de Lima, por isso, é confrontado com os preconceitos dos seus pais e a rejeição de uma sociedade homofóbica e, supostamente, muito conservadora, embora altamente hipócrita. O filme mostra uma série de situações que acontecem com Joaquin, da adolescência à idade adulta. Este romance tal como o filme provocaram polêmica em Lima: ao deixar a descoberto, grande quantidade de gays no armário que se movem num mundo muito conservador.

Não Conte a Ninguém (No se lo digas a Nadie)
Nome Original No se lo digas a nadie
IMDb Rating 7.1 1,299 votes
TMDb Rating 6.4 12 votes

Director

Elenco

Santiago Magill isJoaquin Camino
Joaquin Camino
Gianfranco Brero isUniversity Professor
University Professor
Hernan Romero isLuis Felipe Camino
Luis Felipe Camino
Compartilhe51

Assista Também

A Summer Dress
80 Dias (80 Egunean)
Regarding Billy (Sobre Billy)
Snails in the Rain (Caracóis na Chuva)
Rafiki
Clapham Junction – Legendado
Um Caso de Amor (The Sum of Us)
Grande école
Love Love You – Legendado
The Wolves of Kromer
Sukitomo
Be Mine – Legendado

(3) comments

  • Alberto Santiago 2 de outubro de 2018 Responder

    Um dos primeiros filmes gays a que assisti. E continua bom e atual.

  • JoSil 27 de maio de 2022 Responder

    Valeu pelas músicas e canções. A história tem partes interessantes, mas também outras estranhas, como o desfecho … não gostei por aí além. Detestei os longos minutos à volta das drogas … até parecia que a realização estava a fazer a apologia do seu consumo, enfim … [8*]

  • Regimonha 7 de julho de 2022 Responder

    Bom, mas acho que o protagonista tinha que se fuder mais um pouco. Ser gay, não significa ser um pau no cu pra acabar com a vida alheia, ou pior, tirar alguém do armário. Enfim, quem gosta de filme um pouco mais retrô, vai curtir.

Deixe um comentário

Nome *
Add a display name
Email *
Your email address will not be published