o que está acontecendo?
12K Visualizações
For My Brother (Para o Meu Irmão)

For My Brother (Para o Meu Irmão)

Dec. 08, 2014 Denmark 117 Min. Legendado
Sua avaliação: 0
8.4 28 votes

Trailer

Sinopse

Observação: Esse filme não é um romance e sim um filme pesado para pessoas sensíveis. O mundo e cheia de maldade e aqui ela está nua e crua.

Os dois irmãos Aske (17 anos de idade) e Bastian (12 anos) vivem com seu pai, Lasse. A mãe deles morreu sete anos antes. Todos os dias vivem num mundo onde o medo, a violência e o álcool são fatores enormes, mas onde a relação forte e estreita dos irmãos significa tudo. Aske luta pela sobrevivência significa que ele tem que servir as necessidades sexuais de seu pai, que incluem o abuso do pai, mas também de clientes pagadores e do amigo do pai Hans (que tem um monte de contatos no ambiente pedófilo). Aske tenta tudo para manter seu irmãozinho fora de tudo para que ele não experimentar o mesmo que ele. Mas um dia Bastian é abusado por seu pai e o mundo inteiro de Aske está prestes a desmoronar. Os irmãos optam por se mudar para a Noruega, muito longe nas belas montanhas. A amizade deles supera tudo! Eles estão juntos e muito longe de seu pai mal… No entanto, uma manhã tudo está virado de cabeça para baixo e de repente o seu destino de casa é trazida para a Noruega, que tem conseqüências fatais para ambos os irmãos…

For My Brother (Para o Meu Irmão)
For My Brother (Para o Meu Irmão)
For My Brother (Para o Meu Irmão)
For My Brother (Para o Meu Irmão)
For My Brother (Para o Meu Irmão)
For My Brother (Para o Meu Irmão)
For My Brother (Para o Meu Irmão)
For My Brother (Para o Meu Irmão)
For My Brother (Para o Meu Irmão)

 
Nome Original For Min Brors Skyld
Qualificação IMDB 6.5 278 Votos
Qualificação TMDb 7.4 Votos

Assista Também

A Mentira
Night Flight
A Família de Félix (Drôle de Félix)
Michael
Alex und der Löwe
Aconteceu em Woodstock
My Summer of Love (Meu Amor de Verão)
The Love of Siam
Naked as We Came
Magic Mike – Dublado
Unter der Haut – Legendado
Eclipse de uma Paixão (Total Eclipse)

(21) comments

  • filmesgays 22 de Janeiro de 2018 Responder

    “For Min Brors Skyld”, de Brian Bang (2014) Esse drama dinamarquês é um drama, mas poderia muito bem ser classificado como filme de terror. Explico: ao falar sobre um pai que explora os seus filhos sexualmente, vendendo o corpo deles para pedófilos e inclusive ele mesmo fazendo sexo com os seus filhos, “For my brother” expõe uma ferida violenta que infelizmente tem aumentado no mundo inteiro. Menores de idade, indefesos, que são abusados por adultos. Esse mesmo tema já foi explorado com a mesma porrada e soco no estômago no grego “Miss violence” e no alemães “A casa de verão” e “Michael”. Parece que na Europa está se tornando uma situação incontrolável. O filme faz uma denúncia, apesar de expôr ao espectador cenas brutais envolvendo menores. O que eu posso dizer, é que esse filme jamais deve ser visto por pessoas sensíveis. O diretor Brian Bang procura amenizar o conteúdo do filme inserindo ad nauseum uma música melodramática e melosa que serviria mais a uma novela mexicana. O desfecho provoca ira no espectador. O ponto positivo da produção é o excelente trabalho dos menores de idade: Aske, o irmão mais velho, aos 12 e aos 17 anos, são ótimos e protagonizam duas cenas que dificilmente serão esquecidas.

  • Manuel 23 de Janeiro de 2018 Responder

    É um filme de terror!!! Apesar de saber, que é uma situação real é absolutamente chocante!!! Vale como denúncia para que mais pessoas tomem consciência deste drama e que os pais fiquem mais atentos com os seus filhos e amigos deles para que se faça algo sério se houver qualquer suspeita.São urgentes medidas legais mais rígidas para punir esse tipo de adulto doente (o que não alivia a repulsa que o fato inspira) para que tragédias assim sejam evitadas! O final realmente gera ira. Mas essa é a vida real aonde casos assim acontecem, principalmente dentro das famílias. Mas uma coisa é ler à respeito, outra é ver. O filme é de uma violência sem tamanho. O comentário acima é muito pertinente. Se vc é uma pessoa sensível não assista! Estou com um misto de revolta e náusea e vou levar um tempo para me recuperar. Apesar do tema este filme deveria ser exibido em sites de doenças mentais. Não é uma questão de puritanismo, mas classificar esse filme como gay, agride o que acredito ser a maioria de nós. Isso não me representa. Mas que sirva de alerta social para que isto se torne cada cada vez mais uma exceção. Me solidarizo absolutamente com alguns de nós que passaram por situações semelhantes. Sexo sem consentimento é inaceitável ainda mais qdo se trata de pessoas sem defesa nenhuma. Escrever me aliviou um pouco do choque que este filme representou para mim. E me comprometo a lutar contra esse tipo de fato de maneira mais acentuada. Por mais leis severas!!! Contra o abuso!!!

    • filmesgays 23 de Janeiro de 2018 Responder

      Verdade Manuel eu ainda estou me recuperando desse filme, e uma luta ardua contra o abuso.

  • Luca 23 de Janeiro de 2018 Responder

    Chocado ñ define o quanto esse filme perturbou , acho que o mais assusta e saber q essas “coisas ” inomináveis não são ficção muito pelo contrário. Isso é o que doi na alma

  • Kelvin França 23 de Janeiro de 2018 Responder

    Esse filme não é gay, é um drama sobre pedófilia, acho horrível categorizar como filme gay, gay não é sinônimo disso, gay não é sinônimo de pedófilia, isso mancha totalmente nosso movimento, ‘que já não é bem visto’, acho muito importante a denúncia que ele faz, mas categoriza-lo como lgbt é revoltante. Eu como não li os comentários e sim somente a sinopse não tiver a menor noção do que eu encontraria como espectador ao ver esse filme, sou uma pessoa extremamente sensível, e estou devastado com oque vi, só fui ler agora que é contra indicado a pessoas sensíveis, isso com certeza é capaz de causar danos psicológicos a qualquer pessoa muito emotiva. Espero que algum responsável do site leia esse comentário e reflita sobre a minha crítica no começo.

    • filmesgays 23 de Janeiro de 2018 Responder

      Olá Kevin, o mundo não é um mundo cor de rosa como pensamos mas a maldade existe e o filme nós mostra uma face disso. O site filmes gays não é só para filmes gays, temos filmes héteros, transexuais entre outros muitos. Eu não vou remover o filme por que você não gostou.

      • Fernando 24 de Janeiro de 2018 Responder

        Concordo com Kelvin, embora muito bem executado e alertando para essa realidade crua, infeliz e comum na Europa. Mesmo sabendo ser um filme, estou bem inpactado ainda e devastado imaginando essas possiblidades, sei que nao vivemos em um mundo cor de rosa e este site embora seja temas como vc colocou mais genericos a meu ver nao cabe. De qualquer forma obrigado pelo exelente service do site.

    • Carla 26 de Março de 2018 Responder

      Concordo com relação a classificação

  • Vitor 23 de Janeiro de 2018 Responder

    quem são as pessoas doentes que produzem umas coisas dessas grrrrr nojo. filme nojento.

    • Carla 26 de Março de 2018 Responder

      Esse tipo de coisa acontece de verdade..o filme é só um meio de chamar atenção das pessoas…

  • Mael 23 de Janeiro de 2018 Responder

    Este filme é de terror 😢😢😢😢

  • Sincero 23 de Janeiro de 2018 Responder

    Paarabens a voces. Apesar do filme ser forte e triste, se trata de uma historia passivel de ocorrer.
    inclusive ja ouvi relatos desse tipo de acontecimento.
    Agora aos melindrosos, cheios de mimimi que acham que ele nao deveria estar aqui. Levantem a sua bunda da frente da novela e tentem conhecer outras realidades diferentes das suas (das calças caras da modinha da epoca, do show com ingrasso a 500 reais), Infelizmente não é a vida de todo mundo que e tao perfeita assim como a sua!
    Se os caras do site puderem divulgar e tentar acordar outras pessoas de alguma forma para tentarem fazer algo produtivo e que possa repercurtir num bom resultado contra isso, otimo!
    O QUE NAO SE PODE É IGNORAR POR SE ACHAR PESADO!
    MEUS CAROS ISSO ACONTECE E MUITO NOS EXTREMOS DA SOCIEDADE PRINCIPALMENTE!

    • Carla 26 de Março de 2018 Responder

      Isso é verdade. A realidade existe e as vezes é pior do que isso gente.

  • Adam 24 de Janeiro de 2018 Responder

    Após ler a sinopse, fiquei louca pra ver o filme.. mas esse camera que mais parece uma batedeira, Grrrr, me deixa nos nervos :<

  • Rr 24 de Janeiro de 2018 Responder

    Caralho tô chorando muito velho não esperava esse final caraca atores ótimos

  • Matheus Gomes 24 de Janeiro de 2018 Responder

    Poucas vezes me emocionei com um filme, igual foi com esse. Esse guri que faz o Ask que ator extraordinário…

  • Ronaldo 24 de Janeiro de 2018 Responder

    Chocante este filme, e saber que existem pessoas ainda assim, doentes, lamentável.

  • André 25 de Janeiro de 2018 Responder

    A pior e mais abominável realidade existente..E infelizmente presente…
    Chocante..Mil vezes chocante!!!

  • Luiz 25 de Janeiro de 2018 Responder

    Que filme horrível odiei pai não demônio!

  • duda 26 de Janeiro de 2018 Responder

    nossa eu estou chorando rios de tao triste que é esse filme e pior que existem muitos desses monstros por ai,,, isso é uma triste realidade infelismente..

  • Thiago 20 de Fevereiro de 2018 Responder

    Ainda só vi 20 minutos…O alerta para pessoas sensíveis não me demoveu de ver o filme. É um filme…mas já sinto cá dentro uma espécie de revolta, tristeza, não sei explicar. é um assunto que mexe comigo, que me causa “ódio”, nojo…Jamais terei um filho, mas se algum dia tivesse, e se algum filho da p**** lhe tocasse num cabelo só, podem crer que o rebentava todo. Violência gera violência…Ok, quem a gera aqui são esses seres que de humanos não têm nada….e que não me venham com hipocrisias, eles sabem bem o que fazem a essas crianças. Doença? Taradice?… Mas eles têm noção do que fazem….e que está mal. Roubam a vida ás crianças, tudo por uma merda de um impulso sexual.
    Quanto ao aviso de pessoas sensíveis…Não é porque se é sensível que vai deixar de se ver…seria o mesmo que não enfrentar as coisas, tapar o sol com uma peneira…
    Obrigado pelo vosso trabalho neste site

Deixe um comentário.

Nome *
Add a display name
Email *
Your email address will not be published
Website